CUB-registra-alta-de-015-em-novembro